Audição Cidadã com o Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho na Universidade Lusófona do Porto – Que Estratégia para Portugal?

Decorreu ontem, dia 1 de fevereiro, na Universidade Lusófona do Porto, a Audição Cidadã com o Ministro da Defesa Nacional, Prof. Dr. João Gomes Cravinho. A Audição, que vinha a fechar um Ciclo de Debates promovido conjuntamente pela ULP e pelo Centro Nacional de Cultura, com apoio do Ministério da Defesa, pretendia promover o debate com os jovens e a com a sociedade civil sobre o que estes consideram ser as prioridades das opções estratégicas portuguesas. A revisão do Conceito Estratégico de Defesa Nacional, anunciado pelo atual Ministro da Defesa, e cujo processo se viu interrompido pelas eleições antecipadas, serviu como pano de fundo para uma discussão rica sobre os trâmites da atual conjuntura geoestratégica internacional.

O Ministro não se furtou a discutir o assunto da instabilidade na fronteira entre a Rússia e a Ucrânia, sublinhando, por um lado, o dever português dentro da NATO, mas por outro lado ainda, a questão da Ucrânia não ser membro da NATO e, portanto, de não estar abrangida sobre o artigo nº 5 que, no pós atentados de 11 de setembro, permitiu a ação no Afeganistão. O Afeganistão foi outro dos pontos centrais do debate, acompanhado da questão da garantia dos direitos humanos e da proteção da segurança humana nas prioridades estratégicas portuguesas e no seu posicionamento internacional.

Os estudantes e ainda alguns outros membros da plateia, indagaram também sobre a questão das relações com a China e, consequentemente, as relações transatlânticas; a redução do contingente militar e nova Lei Orgânica de Bases da Organização das Forças Armadas (LOBOFA) na possível necessidade de resposta aos novos desafios geoestratégicos no início do ano de 2022; a nova corrida ao armamento e da posição portuguesa relativamente ao tratado de proibição de armas nucleares hoje; a participação portuguesa nas missões de paz das Nações Unidas em países como a República Central Africana ou no Mar da Somália; e a questão do papel da pedagogia e da educação na formação cívica sobre segurança e defesa.

Cobertura pela LUSA: https://www.lusa.pt/national/article/2022-02-01/35461381/ucr%C3%A2nia-ministro-da-defesa-nacional-reitera-necessidade-de-aprofundar-o-di%C3%A1logo

Autor: Jéssica Moreira

Investigadora na Universidade Lusófona do Porto, em colaboração com o Ministério da Defesa Nacional e o Centro Nacional de Cultura; Coordenadora do Festival TRANSEUROPA 2022 na European Alternatives; Colaboradora do CETAPS (Centre for English, Translation, and Anglo-Portuguese Studies); Mestre em Estudos Anglo-Americanos pela Universidade do Porto e licenciada em Filosofia pela mesma instituição.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: