Trump e a ameaça ao bom governo, uma breve reflexão a partir da literatura, da história e da arte…

POR MARIA CARLOS OLIVEIRA

O desempenho político de Trump é uma excelente ilustração para o pensamento R. Stevenson «A política é talvez a única profissão para a qual se pensa que não é precisa nenhuma preparação.»

Péricles, na sua Oração Fúnebre, sintetizava os valores da democracia que Trump, ostensivamente, insiste em ignorar: «Temos uma forma de governo que em nada se sente inferior às leis dos nossos vizinhos mas que, pelo contrário, é digna de ser imitada por eles. E chama-se democracia, não só porque é gerida segundo os interesses não de poucos, mas da maioria, e também porque, segundo as leis, no que respeita a disputas individuais, todos os cidadãos são iguais; no que respeita a prestígio pessoal, quando alguém se distingue em alguma coisa, não é preferido para honras públicas mais por posição de classe do que por mérito; por outro lado, no que respeita a falta de riqueza pessoal, o cidadão que tem aptidão para servir a cidade nunca, por causa da sua condição humilde, é impedido de alcançar a dignidade merecida. Governamos a coisa pública em liberdade e nos negócios de cada dia não agimos com desconfiança nem reagimos violentamente contra um vizinho se ele segue as suas preferências, nem tão-pouco o olhamos com antipatia que não fere, mas magoa. Mas enquanto na vida privada convivemos com tolerância, sem nos sentirmos ofendidos, na vida pública não desrespeitamos as leis mais por medo, porque obedecemos sempre a quem tem o poder e também às leis, sobretudo às que foram promulgadas para ajudar aqueles que são vítimas da injustiça e também as que, embora não sendo escritas, trazem desonra que é por todos reconhecida. [Tucídides, História da Guerra do Peloponeso, Lisboa, Gulbenkian, pp. 200 -201]

Anthony D. Romero, numa conversa TED absolutamente cativante, This is what democracy looks like, mergulha nos frescos de Ambrogio Lorenzetti para ilustrar a democracia, as ameaças que sobre ela pairam na América, desde a eleição de Trump, e o imperativo de sair em sua defesa, sublinha no respeito das regras inerentes a este dever cívico:

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: